LITURGIA DIÁRIA

sexta-feira, 5 de março de 2010

A Eucaristia


· Ação de Graças a Deus.
· Jesus instituiu este sacramento na última ceia com as palavras: “Fazei isto em memória de mim”.
· A Eucaristia torna presente o santíssimo sacrifício da cruz, acontecido uma vez por todas.
· Graças à Eucaristia nós nos tornamos, misteriosamente, contemporâneos do acontecimento da Páscoa do Senhor.
· “O sacrifício de Cristo e o sacrifício da Eucaristia são um único sacrifício” (CEC 1367).
· “A Eucaristia é mistério de presença, por meio do qual se realiza de modo absoluto a promessa de Jesus de permanecer conosco até o fim do mundo” (MND 16).
· “Ao mesmo tempo, enquanto atualiza o passado, a Eucaristia nos projeta rumo ao futuro da última vinda de Cristo, no fim da história” (MND 15).
· “Por estar vivo e ressuscitado é que Cristo pode tornar-se ‘pão da vida’, ‘pão vivo’, na Eucaristia” (EE 14).
· Esta realidade só pode ser aceita pela fé. É um “mistério da fé”.
· Na Eucaristia a glória de Cristo está velada (cf. MND 11).
· “A Eucaristia e a Cruz são pedras de tropeço. É o mesmo mistério, e ele não cessa de ser ocasião de divisão” (CEC 1336).
· “Na Eucaristia temos Jesus, o seu sacrifício redentor, a sua ressurreição, temos o dom do Espírito Santo, temos a adoração, a obediência e o amor ao Pai” (EE 60).
· A Eucaristia é alimento que fortalece e encoraja os homens nesta caminhada temporal rumo à eternidade.
· “Receber a Eucaristia é entrar em comunhão profunda com Jesus... Nos permite antecipar, de algum modo, o céu na terra” (MND 19).
· “Quem se alimenta de Cristo na Eucaristia não precisa esperar o ‘Além’ para receber a vida eterna: já a possui na terra, como primícias da plenitude futura, que envolverá o homem na sua totalidade” (EE 18).
· A quem tenha a experiência de uma Eucaristia autenticamente vivida, talvez encontre aqui a imagem mais perfeita da glória.
· “A Igreja vive de Jesus Eucarístico, por ele é nutrida, por ele é iluminada” (EE 6).
· O “Deus Conosco”, que se realizou na vinda do Verbo Eterno ao mundo, perpetua-se de modo eminente na Eucaristia da Igreja.
· A Santíssima Eucaristia contém todo o bem espiritual da Igreja, a saber, o próprio Cristo nossa Páscoa.
· “Maria praticou a sua fé Eucarística ainda antes de ser instituída a Eucaristia, quando ofereceu o seu ventre para a Encarnação do Verbo de Deus” (EE 55).
· É necessário “redescobrir a celebração eucarística como coração do Domingo” (MND 7).

Um comentário:

  1. Belém (PA), 13/03/2010.
    Prezado Pe. Ademir, Paz de Cristo!

    A primeira vez q acesso o seu blog. Gostei muito, pois são esclarecedores. Este sobre a Eucaristia, eu gostaria q você noutro momento aprofundasse mais. "O achegar-se à Eucaristia devidamente preparado...". Não são poucos que comungam "socialmente": ir para dar satisfação aos outros. Digo-lhe pq muitas pessoas faltam ao preceito dominical e comungam sem a confissão auricular, como se nada tivesse acontecido... há os q dizem q o Ato Penitencial apaga esta falta, e por isso comungam. Outros, seguem as palavras de alguns sacerdotes que, no "Cordeiro de Deus...acrescentam: Eis Jesus aquele q tira o pecado do mundo 'e do nosso coração'. E assim, o trabalho de catequese desmorona.
    Q tal o senhor abordar como catequese este assunto? Por certo, evitaríamos tantas comunhões sacrílegas.
    Att. João Athayde - Cateq. de Crisma

    ResponderExcluir