LITURGIA DIÁRIA

sábado, 7 de março de 2009

A IGREJA CATÓLICA DEFENDE A VIDA HUMANA DESDE A SUA CONCEPÇÃO ATÉ O SEU TÉRMINO NATURAL.



A IGREJA CATÓLICA DEFENDE A VIDA HUMANA
DESDE A SUA CONCEPÇÃO ATÉ O SEU TÉRMINO NATURAL.

Há alguns dias nós nos deparamos com o triste fato de uma criança de 9 anos que foi violentada e ficou grávida de gêmeos, no Estado de Pernambuco. Essa menina foi submetida a uma intervenção médica, com o aval de sua mãe e incentivo de um grupo de médicos e outros profissionais, que interrompeu sua gravidez. A Igreja Católica foi criticada fortemente pela Mídia e por pessoas da sociedade médica, e até mesmo por membros do Governo, que deveriam defender a vida e não posicionar-se em favor da morte e da desordem. A Igreja se posicionou extremamente contra esse crime e gravíssimo pecado e por isso foi alvo de perseguição nestes últimos dias. Nós devemos nos colocar do lado da Palavra de Deus e da defesa da vida e não do lado de interesses particulares (incluindo fortemente o econômico). Vamos raciocinar com seriedade: é justo matar duas crianças pequenas em benefício da criança grande? Claro que não. As três vidas são igualmente invioláveis e devem ser protegidas. Ninguém tem o direito de matar um inocente. Cada bebê é precioso. Não é um simples número ou objeto que eu posso dispor ao bel prazer.

Pe. Ademir Nunes Farias

Nenhum comentário:

Postar um comentário